Acho que já é tradição os meus bichos terem mais que um nome. Eu... acho que me rendi quando adoptei o Chester. Não percebo, os nomes que lhes dou são assim tão maus de pronunciar? Vejamos, Boris (ou Bolinhas na língua da minha Mãe). É complicado? Não! Chester? (ok, este não é dos melhores, mas... Jessi, Mãe?!) Agora... Adónis, que até é nome de personagem grega, uma figura conhecida nem que seja dos desenhos animados... vai e tratam-me o animal por Donuts?! É demais! Como é que o bicho não ha-de ficar confuso...

Comentários