domingo, julho 08, 2007

Ser ou não ser deste mundo
Pouco importa porque somos com vida
E se a vida nos obriga
Não adianta querermos estar mortos...

O sentir paralisa, transforma, doi
A espera pelo sonho, não mata mas moi
Cansada dos outros, de ti...
Não procures... Pelos outros, sorri.

Sem comentários: