Mensagens

De coração cheio hoje. Uma das formadoras fez anos. Cantamos-lhe o Zambujo... e ficamos tão excitados com isto... todos. Vá-se lá perceber. Mas gosto. São estas pequenas/grandes coisas que valem a pena. E a enfermeira Clara é de facto uma querida.
Querias ou não querias sentir coisas, Carla? Olha, pimba...
Calhou (ou não) estar na primeira fila a assistir de pipoca ao esbardalhanço de alguém. E dou por mim a torcer por mais. É tão mau que vicia! Sou tão má pessoa às vezes...
Estúpidas fantasias... as coisas não podiam ser como no cinema, pelo menos uma vezinha? Só uma... não gosto nada que me barrem o que sei fazer melhor. Fantasiar... merda, o que tem de ser tem muita força...
Sabem quando não conseguem tirar o olho da casa dos segredos? Mesmo que queiram muito? Pois é, desconfio que também é possível ficarmos burros só a assistir a conversas reais. Meu Deus! (mix de sentimentos) Injetem-me alguma intelectualidade já!
Já vos disse que sou gaja de agradecer? Pois... sou grata por muita coisa. Pelos meus e pelos outros que também me fazem bem. Pelo menos para já.
Não sei se foi por ter tido a coragem de deixar ir algumas pessoas, se foi o cansaço, se os olhos abertos, sei que para além das importantes, das minhas que restam, estão cá outras que me são muito confortáveis. Agora. Por isso, obrigada.
Tenho vindo a pensar também naquela formação em que estou e que mencionei há uns dias... não conheço ninguém, mas gosto das projeções que tenho de alguns formadores e colegas. Gosto também de acreditar que são mais do que projeções, que são realmente e genuinamente boas pessoas. E isso agrada-me. Ajuda-me. Por isso, F.Ana, F.Rita, F.Clara e F.Isabel, deixem-me massajar-vos o ego e dar-vos consciência, (mesmo que já a tenham) de que estão a fazer um óptimo trabalho e que, sem se aperceberem, me estão a ajudar em variadíssimos aspetos. Obrigada. Às minhas colegas, outro obrigada. Mais ajuda. Vêm? Não me posso…
Estou fula comigo. Quer dizer, acabo por fazer a coisa certa, às vezes, mas não o faço quando devia. E isso deixa-me fula! Prometo aqui tentar fazer a coisa certa quando for para o fazer! Ah e tal, tentar? Só tentar? SIM! TENTAR! Vivam com isso...