terça-feira, setembro 12, 2017

segunda-feira, setembro 11, 2017

Amanhã vou apanhar maçãs pela primeira vez. Alguma coisa me diz que vou continuar a preferir as bananas...

domingo, setembro 10, 2017

sábado, setembro 09, 2017

Em tempos frios, há sempre alguém que me aquece o coração... obrigada Deus ou Deuses ou...

quarta-feira, março 04, 2015

Ora, estando eu na fase de filtragem (a sério!) de amizades e convivendo todos os dias com o meu primo, mais novo do que eu quase 10 anos, olho para a minha pessoa de anos passados e  toco-me no que diz respeito à importância dos actos em vez das palavras. Tenho pena que aqueles "adoro-te muito", aqueles "para sempre" sejam só palavras e não amigos para a vida. Isso ele vai descobrir depois, mas isto para dizer que apesar de tudo amem! Dêem-se! As ilusões não vão fazer mossa mais tarde se amarem porque não se vão arrepender (não podem! Amaram!) ... E depois, vale sempre a pena, quanto mais não seja para descobrir quem é que vos calhou como amigo verdadeiro no final... Garanto-vos que é surpreendente...

quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Restos de São Valentim

No início era atiradiço
A pensar que eu alinhava
Perguntou se tinha namorado
E com gostos idênticos pensou que me fisgava

A verdade é que não sei
A conversa pegou
A atracção entrou
E porque não? Alinhei

Afinal era boa pessoa, diferente
Cavaleiro com suiças e um grande escudo
Deslocado desde o princípio
Diferente de tudo

Passamos bons momentos
Fomos até à era medieval e ao Japão
Ouvimos boa música
E perdemo-nos nos jogos de acção

Também nos zangamos
Discutimos até à exaustão
Magoamo-nos um ao outro
Mas acabamos sempre por fortalecer a nossa relação

Isto tudo para dizer
Que há muito trabalho a fazer
Mas que sem o meu pateta
Ia ser bastante difícil viver

O amor é tudo na vida
E eu amo muita gente
É o ponto de partida
Para me tornar diferente

Concluo então que adoro o diferente
E apesar de amar muita gente
Ele que é o difícil, o calado, o jogador
No fim reúne em mim vários tipos de amor

Sobrevivi e... sim, bananas. As bananas não arranham... putas! As maçãs!