sábado, julho 24, 2010



Como eu me contento com tão pouco, meu Deus...

Sem comentários: