quarta-feira, junho 02, 2010

A esperança é uma coisa extraordinária... a esperança e não só. Digam-me, sendo a vida uma merda a maioria das vezes, não a vida no seu todo, a de cada um, como é que conseguimos viver durante tanto tempo só com aquela felicidade momentânea?

1 comentário:

Ana disse...

aí está uma grande verdade.
eu prefiro acreditar que a merda são apenas alguns momentos que custam a passar mas que depois parece que já foram há muito tempo e passaram muito rápido.
De qualquer forma, já tenho saudades de alguma felicidade momentânea.